X

Missões IPV

Vamos dar mais uma lida neste texto bíblico, agora de forma mais completa: “Jesus ia passando por todas as cidades e povoados, ensinando nas sinagogas, pregando as boas novas do Reino e curando todas as enfermidades e doenças. Ao ver as multidões, teve compaixão delas, porque estavam aflitas e desamparadas, como ovelhas sem pastor. Então disse aos seus discípulos: A seara é grande, mas os trabalhadores são poucos. Peçam, pois, ao Senhor da seara que envie trabalhadores para a sua seara” Mateus 9:35-38.

Hoje em dia muitos cristãos não se preocupam com a missão que Deus deu para a igreja local. Qual a raiz disso? Medo de não ter todas as respostas para as perguntas que nos forem feitas? Medo da exposição? Medo de sermos rejeitados?

Seja lá qual for a origem dos nossos medos, Deus nos deu a tarefa de proclamar o evangelho à comunidade ao nosso redor. Portanto, queremos retomar essa prática, não como sendo um programa ou ação pontual, mas como sendo resultado de nossa fé em Jesus e de nossa demonstração de amor ao próximo!

O QUE NÃO É EVANGELISMO:
• Evangelismo não é uma imposição de visão religiosa sobre outra pessoa. Não queremos exercer poder e controle sobre o próximo. O Cristianismo não é uma opinião humana. Ele é a verdade de Deus, independente das opiniões subjetivas e variadas que existem. Somente Deus convence as pessoas para que se arrependam e creiam.

• Evangelismo não é ação social e também não é envolvimento político. Quando o foco é este, estamos falhando em comunicar claramente o evangelho. Nosso papel é proclamar a necessidade de se arrepender e crer em Jesus Cristo. A ação social pode ser um caminho, mas nunca podemos considerar como sendo a essência do nosso evangelismo.

• Evangelismo não é se colocar em posição de defender a fé respondendo a todas as perguntas e objeções como sendo um exercício acadêmico. Essa pode ser uma forma de se chegar ao evangelismo propriamente dito, mas defender as convicções de fé por si só pode não resultar em evangelismo, que é a proclamação de que Jesus é a única provisão de Deus para o pecador.

Algo que pode nos ajudar nessa tarefa de desmistificar esse assunto é a seguinte descrição sobre o que é (ou deveria ser) evangelismo:

“Evangelismo não é fazer prosélitos; não é persuadir as pessoas a tomar uma decisão; não é provar que Deus existe, ou fazer um bom caso para a verdade do Cristianismo; não é convidar alguém a uma reunião; não é expor o dilema contemporâneo, ou suscitar interesse no Cristianismo; não é vestir uma camisa dizendo ‘Jesus Salva!’. Algumas dessas coisas são corretas e boas em seu devido lugar, mas nenhuma delas deveria ser confundida com evangelismo. Evangelizar é declarar com a autoridade de Deus o que ele fez para salvar pecadores, advertir os homens da sua condição perdida, ordenar que eles se arrependam e creiam no Senhor Jesus Cristo” (John Cheesman, The Grace of God in the Gospel [Edinburgh: Banner of Truth, 1972], 119).

Converter uma pessoa, mudar sua forma de pensar e de viver, tornar a mensagem atraente para a pessoa é algo realmente impossível! Impossível para nós, mas não para Deus! Para nós ficou a parte mais fácil, ou seja, a bela tarefa de anunciar e proclamar o evangelho.

Utilizando as palavras de Mark Dever, pastor da Igreja Batista de Capitol Hill, em Washington D.C., nossa tarefa é “articular claramente o evangelho de Jesus Cristo e a reivindicação que o evangelho coloca sobre as pessoas para se arrepender e crer”.

Estão animados para isso? Então tome nota da nossa agenda para algumas oportunidades de colocar na prática o evangelismo bíblico:

AGENDA MISSÕES IPV:
• 11.06 (domingo) às 10:00 – Evangelismo na Rua Pamplona.

• 22.07 (sábado) à partir das 9:00 – Evangelismo em Guaianases, oferecendo suporte à igreja local.

• Festa “Julina” – ainda não temos uma data definida, mas provavelmente faremos em julho para não concorrer com todos os eventos de festa junina. Pretendemos realizar em uma sexta ou em um  sábado. Contamos com a oração de cada um para esse dia e incentivamos que cada membro procure proclamar o evangelho para os amigos próximos. Será uma grande oportunidade para falarmos do amor de Cristo!

“…todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele de quem não ouviram falar? E como ouvirão, se não houver quem pregue? E como pregarão, se não forem enviados? Como está escrito: “Como são belos os pés dos que anunciam boas novas!” Romanos 10:13-15.

Deus abençoe!

Tags:

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *